Vargem das Flores

Vargem das Flores.png

É a maior regional, em extensão territorial, com 81,8 Km2 representando 41,1% de todo território do município onde se encontra toda a área rural de Contagem.

 

O seu nome é devido a represa de abastecimento de água Várzea das Flores, inaugurada em 1974, para servir de abastecimento de água aos municípios de Contagem e Betim, nos quais está inserida. Atualmente, é gerida pela COPASA. A preservação de sua bacia visa garantir a boa qualidade de água para abastecimento de 15% da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

 

Com este objetivo foi criada a Área de Proteção Ambiental – APA – Vargem das Flores por Lei Estadual 16.197/2006, a qual não foi regulamentada até a presente data. Em 2010, a regional Vargem das Flores tem, segundo o Censo de 2010 do IBGE, 55.238 habitantes, sendo 9,2% da população de Contagem.

 

A sua taxa de crescimento, na última década, foi de 1,31% a.a. com um incremento de 6.766 novos moradores. É a única regional que a população do sexo masculino (51,1%) é maior que do sexo feminino. Isso se deve a população masculina da penitenciária Nelson Hungria.

 

A Unidade de Planejamento Nova Contagem é uma área urbana descontinua ao tecido urbano das demais regiões, é separada pela área rural do Município. As características que se observam são de uma região periurbana, em que a vida urbana da cidade de Contagem organiza a vida dos moradores, apesar das características rurais como grandes quintais, casas de um pavimento, criação de animais dentro dos lotes. Seu zoneamento predominante é ZOR-1- Zona de Ocupação Restrita 1 que leva em consideração a característica do local e, também visa restringir a ocupação residencial para minorar os impactos ambientais na Bacia de Várzea das Flores, embora a ausência de controle urbano acabe por anular o pressuposto do tipo de zoneamento.

 

A região por fazer divisa com três municípios, sofre ou influencia a conurbação nos seus limites. Com o município de Ribeirão das Neves, o bairro Liberdade começa a espraiar-se para Contagem ocupando área rural. Com o município de Esmeraldas, o bairro de Nova Contagem já espraiou fortemente para o município vizinho com diferenças gritantes de infraestrutura. Com o município de Betim, temos o bairro Icaivera com seu território nas duas cidades, sendo no lado de Betim, três vezes maior . Na regional existem 12 AIS-1, sendo 8 vilas/ favelas e 4 loteamentos populares.

 

O total de domicílios situados em AIS1 é 11.271 com 42.792 moradores, representando 77,5% da população da regional. O bairro Retiro é o mais antigo, a aprovação do seu loteamento é de 1976 mesmo assim a sua expansão se deu de forma irregular. Mas foi com a ocupação do loteamento de Nova Contagem, em 1984, que a região cresceu fortemente.

 

O loteamento promovido pelo poder público municipal foi para reassentar famílias removidas de favelas da Cidade Industrial para abertura da Via Expressa. Foi um processo de reassentamento equivocado, um lugar com ausência de infraestrutura, falta de equipamentos públicos e, acima de tudo sem acesso ao emprego, onerando a família com o tempo de deslocamento e com o custo do transporte coletivo. No seu interior surgem favelas, a partir de 1.988, mesmo havendo cancela com guarita para entrada no bairro, começam as ocupações das áreas de preservação do loteamento de Nova Contagem.

 

Assim surgem as vilas Formosa, Beira Campo e Soledade. Na década de 90, são ocupadas as bordas do loteamento do Bairro Nova Contagem, que atualmente formam as vilas Esperança, Estaleiro, Feliz e Renascer. Em 2011 foi concluída, exceto os maiores comerciantes, a maior regularização fundiária do estado de Minas Gerais promovida pela Prefeitura de Contagem. Consistiu na aprovação do loteamento do Bairro Nova Contagem e registro lote a lote, no cartório de imóveis, para mais de 3.200 famílias. Também está em andamento na região, o PAC Córrego Retiro realizando obras de fundo de vale nas vilas Beira Campo, Formosa, Soledade e parte da Vila Renascer com o reassentamento de 248 famílias no bairro Retiro.

 

A rede coletora de esgoto está sendo implantada em toda a região de Vargem das Flores. Ainda hoje, mesmo a região sendo um canteiro de obras, a comunidade reivindica todos os tipos de serviço público, como constatamos na Oficina/DPR e na Audiência Pública Regional: saneamento básico, pavimentação, moradias, escolas, transporte público e, principalmente emprego próximo ao local de moradia.

 

Dois grandes empreendimentos, a serem construídos, que vão gerar significativos impactos para a região Vargem das Flores são o Rodoanel e o CECON - Centro Empresarial de Contagem, que atrairá cerca de 260 indústrias, e a médio e longo prazo fará surgir um novo polo industrial em Contagem e na Região Metropolitana, o que coloca o controle urbano em alerta desde já para coibir o surgimento de loteamentos irregulares como se observa no entorno do local onde será o CECON.